Buscar
  • Derbly Advogados Assosiados

TST: admitido recurso acerca do índice de correção de débitos trabalhistas.



O ministro Vieira de Mello Filho, do TST, deu seguimento a recurso extraordinário no qual se discute a aplicação do IPCA-EE ou TR, como índice de correção dos débitos trabalhistas. Para o ministro, debate jurídico em torno do fator de correção remanesce latente.⠀

O recurso foi interposto por uma empresa de telefonia contra acórdão do TST por meio do qual foi negado provimento ao agravo de instrumento em todos os seus temas e desdobramentos. A empresa argumenta que a aplicação do IPCA-E como índice de correção monetária dos créditos trabalhistas deferidos ao reclamante configura afronta aos princípios da segurança jurídica e do direito adquirido, uma vez que o art. 39 da lei 8.177/91 define a TR como índice de correção dos débitos trabalhistas.⠀

Em 2019, o STF julgou RE mandando aplicar o IPCA, e não mais a TR, em causas que não eram trabalhistas. Já a Justiça do trabalho achou que era aplicável este índice em todas as execuções trabalhistas.⠀

Neste ano, Gilmar Mendes cassou acórdão do TST no qual foi aplicado o IPCA para correção de débitos trabalhistas. O ministro determinou que o Tribunal volte a julgar o tema observando a jurisprudência do Supremo.


#advocacia#advogados#escritoriodeadvocacia#advogadosassociados#direito#oab#justiça#jur#advocaciaemtribunaissuperiores#previdenciario#direitodotrabalho#previdenciaprivada#direitohereditário#direitopublico#derbly#derblyadv#governo#ipca#stf#tst

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo